Todos os posts de Noticias

SURF & RESCUE: FIGUEIRA DA FOZ DÁ SEGUIMENTO À 2ª EDIÇÃO DE FORMAÇÕES EM SURF E SALVAMENTO AQUÁTICO

Na próxima terça-feira, dia 21 de setembro, a Praia do Cabedelo irá receber a iniciativa lançada pela Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), que une o surf ao salvamento aquático.

Esta segunda edição do projeto “Surf & Rescue”, que junta a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), teve início no mês de julho, com passagens por Ovar e pela Ilha da Madeira. O Surf & Rescue retomou ainda esta semana com uma ação de sucesso na Praia da Arrifana. Agora, será a vez da Figueira da Foz receber esta formação única, que reforça o papel das Escolas de Surf no apoio ao salvamento aquático, visando assim o reforço da segurança nas praias portuguesas durante todo o ano.

A participação de surfistas e Treinadores de Surf em resgates e salvamentos no mar é uma realidade cada vez mais presente em Portugal e este projeto contribui para capacitar aqueles que estão na linha da frente durante todo o ano, as Escolas de Surf, ao nível das mais recentes técnicas de salvamento, primeiros socorros e Suporte Básico de Vida.

O Surf & Rescue teve a sua estreia no ano passado, aproximando-se agora da sua 7ª ação, marcando mais uma etapa da 2ª edição, que pretende chegar a outros pontos do país ainda este ano.

Esta iniciativa irá decorrer, no dia 21 de setembro, na Praia do Cabedelo, na Figueira da Foz. Graças ao apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz, esta ação não terá qualquer custo para os participantes.

Esta formação gratuita tem a duração de 7 horas e atribui 1.4 Unidades de Crédito para a renovação das Cédulas de Treinadores IPDJ. Devido aos constrangimentos impostos pela pandemia de COVID-19, as ações estão limitadas a um total de 30 participantes, tendo vagas ainda disponíveis. 

Inscrições e mais informações por e-mail para: info@associacaoescolasdesurf.pt

Top

SURF & RESCUE: 2ª EDIÇÃO DE FORMAÇÕES EM SURF E SALVAMENTO AQUÁTICO ESTÁ DE REGRESSO, COM PASSAGENS PELO CENTRO E SUL.

Esta segunda edição retoma assim no final da época balnear, estando as inscrições já abertas para as formações gratuitas que irão decorrer a 14 de setembro em Aljezur e 21 de setembro na Figueira da Foz. 

Após o lançamento deste segundo ano de Surf & Rescue no mês de julho, setembro marca o regresso desta iniciativa lançada pela Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), que une o surf ao salvamento aquático.

Em 2020, a Associação de Escolas de Surf de Portugal e o Instituto de Socorros a Náufragos juntaram-se, com o intuito de potenciar o contributo que já tem vindo a ser dado pelas Escolas de Surf no apoio às vítimas de afogamento nas praias de todo o país, principalmente fora da época balnear e em praias não vigiadas, onde estes operadores estão presentes durante todo o ano.

Foi neste contexto que surgiu a iniciativa Surf & Rescue, que consiste numa série de formações direcionadas para Treinadores e técnicos das Escolas de Surf, em resgate e salvamento aquático, primeiros socorros e Suporte Básico de Vida. Desde o seu lançamento, em setembro de 2020, já se realizaram 5 destas ações de formação gratuitas. Agora, um ano depois, este número irá aumentar com mais duas ações, na Praia da Arrifana a dia 14 de setembro e na Praia do Cabedelo a 21 de setembro.

Graças ao apoio dos Municípios de Aljezur e da Figueira da Foz, estas ações não terão qualquer custo para os participantes. Esta formação destina-se a Treinadores e outros membros, trabalhadores e alunos de Escolas e Clubes de Surfing, tem a duração de 7 horas e atribui 1.4 Unidades de Crédito para a renovação das Cédulas de Treinadores IPDJ. Devido aos constrangimentos impostos pela pandemia da COVID-19, as ações estão limitadas a um total de 30 participantes

Inscrições e mais informações por e-mail para: info@associacaoescolasdesurf.pt 

Top

SURF EM PORTUGAL É DESTAQUE DE CAMPOS DE FÉRIAS PARA EUROPEUS

A plataforma Juvigo, líder europeia de campos de férias para crianças e jovens, lança o surf em Portugal como a mais recente novidade. Parceria entre a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e a Juvigo pretende valorizar Portugal como destino de Surf e dar condições únicas às Escolas de Surf associadas. 

Atualmente, o mercado de Surf em Portugal é competitivo, o que origina um interesse na criação de programas de qualidade, que potenciem e valorizem a internacionalização de Portugal como destino de Surf. É neste sentido que surge a parceria entre a AESDP e a Juvigo

A Juvigo é uma plataforma de reservas para campos de férias supervisionados que, atualmente, tem uma rede com mais de 200 parceiros, disponibilizando, assim, mais de 1500 ofertas na Europa. Os seus parceiros estão distribuídos entre Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Portugal e Suíça. 

Em Portugal, os campos de férias da Juvigo, adequados para todas as idades, estão localizados por todo o território nacional e são possíveis de frequentar durante qualquer altura do ano. É, ainda, possível escolher entre vários géneros de atividades, como por exemplo, aventura, desporto, surf ou natureza, entre outras.  

A rede de campos de férias parceira da Juvigo pode desfrutar de várias vantagens, como beneficiar da sua prestação de serviços ao cliente, dos seus conhecimentos de marketing e a uma maior visibilidade no mercado. Às vantagens dos parceiros da Juvigo, acresce, também, a adesão gratuita à plataforma para os associados da AESDP. 

Top

Parceria AESDP e ASI prolonga-se para 2021

É com grande prazer que a AESDP – Associação de Escolas de Surf de Portugal e a ASI – Academy of Surfing Instructors anunciam o prolongamento da parceria para o ano de 2021.

A ASI, referência internacional no ensino de Surf, SUP e Bodyboard, atua em Portugal enquanto entidade de formação, especializada no desporto.

Está certificada pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho) como Entidade Formadora na área de educação e formação do Desporto.

Nesse sentido, desde 2019, a ASI tem vindo a ser aprovada pelo IPDJ (Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.) para lecionar os cursos de Treinadores de Surfing Grau I.

Fruto desta parceria, cada participante que realizar o curso de Treinadores de Surfing Grau I com a ASI beneficiará de 1 ano de adesão enquanto membro associado da AESDP.

“Estamos orgulhosos de apoiar o crescimento da AESDP”, afirma Tania Nesbitt, Diretora da ASI. “A AESDP vem oferecer uma voz às Escolas e profissionais do Surf em Portugal, para então serem ouvidos pelos diferentes níveis de governo e turismo.”

Ainda, os Treinadores que concluírem o curso da ASI ‘IPDJ Treinadores de Surfing Grau I’ têm também a possibilidade de se inscreverem no curso da ASI ‘Level 1 Surfing Instructor’, com o objetivo de complementarem a sua formação e obterem uma qualificação de instrutor de surf internacional, o que os tornará aptos a trabalharem nos diversos cantos do mundo.

A ASI já formou mais de 10.000 instrutores e é destacada internacionalmente pelos seus cursos de formação.

A sede da ASI está localizada na Austrália, em Bondi Beach, possuindo também escritórios em Portugal, Reino Unido, EUA e Ásia.

Mais informações sobre o curso IPDJ Treinadores de Surfing Grau I da ASI em:

https://www.academyofsurfing.com/courses/surfing/courses/trainadore-de-surfing-grau-1-europe–surfing-sports-coach-level-1-europe

Top

SURF & RESCUE: DIA MUNDIAL DA PREVENÇÃO DO AFOGAMENTO FOI CELEBRADO NA MADEIRA COM FORMAÇÃO EM SALVAMENTO AQUÁTICO PARA SURFISTAS

A Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) visitaram Machico, para mais uma ação Surf & Rescue, que levou o salvamento aquático às Escolas de Surf madeirenses.

A mais recente ação da iniciativa “Surf & Rescue”, que junta a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), decorreu na passada quarta-feira na Praia de São Roque, com o apoio da Câmara Municipal de Machico. Esta foi a segunda de um ciclo de 2 formações no espaço de uma semana, que se iniciou em Ovar, e que capacitou um total de 37 pessoas para prestarem um apoio adequado ao salvamento aquático, visando assim o reforço da segurança nas praias portuguesas durante todo o ano.

A participação de surfistas e Treinadores de Surf em resgates e salvamentos no mar é uma realidade cada vez mais presente em Portugal e esta ação contribuiu para capacitar aqueles que estão na linha da frente durante todo o ano, as Escolas de Surf, ao nível das mais recentes técnicas de salvamento, primeiros socorros e Suporte Básico de Vida.

Este projeto inédito, ao juntar formadores do ISN e da AESDP, permite aos participantes obter conhecimentos de resgate e salvamento aquático adaptados à realidade do surf e, especificamente, ao contexto de aulas de surf. Durante o dia, todos os participantes aprenderam e praticaram técnicas de resgate com e sem prancha, suporte básico de vida e primeiros socorros.

Esta ação decorreu ao longo de todo o dia 21 de julho e contou com uma grande adesão da comunidade de surf madeirense. O Surf & Rescue contou com o apoio do Município de Machico, que esteve representado pelo Vereador Alexandre Marques.

A AESDP informa ainda que estão já previstas novas ações Surf & Rescue, que serão comunicadas atempadamente.

Até lá, todos os surfistas que se vejam envolvidos em salvamentos, devem preencher o formulário de salvamentos Surf & Rescue, através do seguinte link: https://forms.gle/Z3nFAuXerTVVjdGg9  +Info – AESDP: info@associacaoescolasdesurf.pt | 912 312 119

Top

PROJETO FINANCIADO PORTUGAL 2020: EMPRESAS DO SECTOR DO SURF

Sabiam que a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP), tem a decorrer um programa financiado no âmbito do Portugal 2020, através da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), que permite levar às empresas do nosso sector um serviço completo, personalizado e profissional, de FORMAÇÃO e CONSULTORIA e que esse serviço é 100% gratuito para as empresas participantes?

[Download Apresentação do Projeto]

+Info: info@associacaoescolasdesurf.pt

Top

SURF & RESCUE: OVAR INAUGURA 2ª EDIÇÃO DE FORMAÇÕES EM SURF E SALVAMENTO AQUÁTICO

Na próxima quarta-feira, dia 14 de julho, a praia do Furadouro irá receber a iniciativa lançada pela Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), que une o surf ao salvamento aquático, começando um novo ciclo de formações.

Em 2020, a Associação de Escolas de Surf de Portugal e o Instituto de Socorros a Náufragos juntaram-se, com o intuito de potenciar o contributo que já tem vindo a ser dado pelas Escolas de Surf no apoio às vítimas de afogamento nas praias de todo o país, principalmente fora da época balnear e em praias não vigiadas, onde estes operadores estão presentes durante todo o ano.

Foi neste contexto que surgiu a iniciativa Surf & Rescue, que consiste numa série de formações direcionadas para Treinadores e técnicos das Escolas de Surf, em resgate e salvamento aquático, primeiros socorros e Suporte Básico de Vida. No ano passado, o Surf & Rescue teve a sua estreia em Matosinhos, Costa de Caparica e Sagres. Agora, na segunda edição, Ovar e Machico são as primeiras confirmações, marcando o início de uma edição que pretende chegar a outros pontos do país ainda este ano.

Esta edição vai, então, começar em Ovar, na Praia do Furadouro, no próximo dia 14 de julho, onde irá decorrer durante todo o dia. Graças ao apoio da Câmara Municipal de Ovar, esta ação não terá qualquer custo para os participantes e contará com a presença do Presidente da Câmara, Salvador Malheiro. Logo na semana seguinte, no dia 21, o Surf & Rescue passará também por Machico, na Ilha da Madeira.

Esta formação gratuita destina-se a Treinadores e outros membros e trabalhadores de Escolas e Clubes de Surfing, tem a duração de 7 horas e atribui 1.4 Unidades de Crédito para a renovação das Cédulas de Treinadores IPDJ. Devido aos constrangimentos impostos pela pandemia de COVID-19, as ações estão limitadas a um total de 30 participantes, tendo vagas ainda disponíveis.

Inscrições e mais informações por e-mail para: info@associacaoescolasdesurf.pt

Top

SURF & RESCUE: ESTÁ DE VOLTA ÀS PRAIAS PORTUGUESAS O PROJETO QUE UNE O SURF AO SALVAMENTO AQUÁTICO

Iniciativa desenvolvida entre a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) e o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), com o intuito de reforçar a ligação entre o surf e o salvamento aquático, inaugurou-se no ano de 2020. A 2ª edição é marcada por formações gratuitas para Escolas de Surf e vai passar já este mês por Ovar e Machico. Atribui 1,4 Créditos IPDJ para renovação dos Títulos de Treinadores.

É do conhecimento geral que as Escolas e Treinadores de Surf dão um importante contributo para a segurança e o salvamento nas praias em Portugal, bem como toda a comunidade surfista de uma forma geral. Na verdade, são estes uns dos principais agentes de proteção e segurança das praias fora da época balnear, que devem deter um conhecimento atualizado e adequado das técnicas de resgate, primeiros socorros e Suporte Básico de Vida, uma vez que, na maioria dos casos, estas ações de salvamento ocorrem de uma forma informal e sem registo das ocorrências.

É com base no conhecimento desta realidade que a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) desenvolveu, em conjunto com o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), a formação Surf & Rescue, cuja 2ª edição irá decorrer durante o Verão de 2021, com lançamento partilhado entre a Região Centro e a Ilha da Madeira. Estas ações irão capacitar técnicos das Escolas de Surf para garantir a segurança ao longo da costa durante todo o ano.

As datas e locais das primeiras formações são as seguintes:

14 julho | Ovar – Apoio Câmara Municipal de Ovar

21 julho | Machico, Ilha da Madeira – Apoio Câmara Municipal de Machico

Esta formação é destinada a Treinadores e outros membros e trabalhadores de Escolas e Clubes de Surfing, tem a duração de 7 horas e atribui 1,4 Unidades de Crédito para a renovação das Cédulas de Treinadores IPDJ. A participação é gratuita e está limitada a 30 inscritos por cada ação.

Todas as inscrições e pedidos de informação deverão ser feitas por email para a Associação de Escolas de Surf de Portugal, através do endereço info@associacaoescolasdesurf.pt.

+Info – AESDP: info@associacaoescolasdesurf.pt | 912 312 119

Top

COMUNICADO: FINAL PARCERIA AESDPxFPS

Partilhamos o comunicado da Direção da AESDP (ver aqui), que anuncia o final da nossa parceria com a Federação Portuguesa de Surf (FPS).

A falta de transparência e o comportamento antiético praticado por parte da Direção da FPS perante a AESDP não podem, em consciência, ser aceites por parte desta Direção da AESDP.

Esperamos que este Comunicado seja esclarecedor e claro quanto às razões que levaram a esta tomada de posição.

O Surf Nacional e as nossas Escolas e Treinadores merecem total seriedade e profissionalismo por parte das entidades que nos tutelam!

Top

SÉRGIO WU BRANDÃO É O NOVO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS DE SURF DE PORTUGAL

O Treinador e dirigente algarvio irá ocupar a posição até 2025, sucedendo no cargo a João Diogo Pinto dos Santos, que ocupa agora a posição de Vice-Presidente. Eleições decorreram em Assembleia Geral realizada na passada sexta-feira.

A AESDP – Associação de Escolas de Surf de Portugal realizou a sua Assembleia Geral Ordinária de 2021, na qual foram aprovados o Relatório de Atividade e Contas 2020 e o Plano de Atividades e Orçamento 2021, além de terem sido eleitos os membros dos Órgãos Sociais para o mandato 2021-2025. De entre os eleitos, é de destacar o cargo de Presidente da Direção, que será ocupado pelo conceituado Treinador Sérgio Wu Brandão, fundador do Algarve Surf Clube e da Algarve Surf School e responsável pela formação de alguns dos melhores surfistas algarvios, como Marlon Lipke, Miguel Mouzinho, Alex Botelho, os irmãos Luca e Joackim Guichard, Francisco Canelas, entre outros, tendo ainda feito parte da formação e acompanhamento de atletas como Gony Zubizarreta e o atual WCT Leonardo Fioravanti. A Direção por si encabeçada será complementada pelo anterior Presidente, João Diogo Pinto dos Santos, do Porto, e pelo ex-Selecionador Nacional de Surf e atual Selecionador de Longboard, Miguel Ruivo.

Esta eleição marca o início de um novo capítulo na história da AESDP, que de acordo com o seu novo Presidente será de continuidade ao trabalho até agora desenvolvido. “A verdade é que muda a ‘cara’ do Presidente, mas todos podem contar com a mesma dinâmica e dedicação que temos tido, na luta pela representação e defesa dos interesses dos nossos associados. Serão quatro anos determinantes para o surf nacional e temos, como grande objetivo deste mandato, conseguir de uma vez por todas criar uma legislação nacional, que defina regras e requisitos uniformes por toda a costa, de acesso à atividade de ensino e treino de surf”, refere Sérgio Wu Brandão.

A atuação e gestão diária da Associação continuará a ser feita pelo Diretor Executivo, Afonso Teixeira.

Composição completa dos órgãos sociais:

Direção Mesa da Assembleia Geral Conselho Fiscal
Presidente Sérgio Wu Brandão Presidente David Patrício Lucas Rosa Presidente João Pedro Rosa Dias
Vice-Presidente João Diogo Pinto dos Santos Secretário Enrique Lenzano Secretário Bruno Bairros
Secretário Miguel Palma Ruivo Secretário Fernando André Teixeira Tesoureiro Dário Rodrigues

+Info: info@associacaoescolasdesurf.pt

Top
1 2 3 5 Página 1 de 5