Todos os posts de Noticias

QUERES TRABALHAR NUMA ESCOLA DE SURF OU SURF CAMP?

Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) oferece novas oportunidades a todos aqueles que pretendem trabalhar nas escolas de surf e surf camps nacionais.

Com a aproximação da nova época balnear, já se antecipa a corrida às praias e o aumento na procura pelos serviços prestados pelas escolas de surf e surf camps um pouco por toda a costa. Para dar resposta à procura, estes operadores afiguram-se como os principais contribuidores para a criação de postos de trabalho para apaixonados pelo surf em todo o país.

De forma a facilitar a ligação entre os profissionais e as escolas de surf empregadoras, a AESDP lançou a Plataforma de Profissionais de Surf. Já em fevereiro deste ano, a Associação tinha criado uma plataforma exclusiva para Treinadores de Surf, alargando agora essa mesma plataforma para dar resposta a todas as necessidades de recursos humanos dos seus associados. De acordo com o Presidente da AESDP, João Diogo Pinto dos Santos, “o lançamento da Plataforma de Treinadores teve um feedback muito bom e foi importante porque permitiu preencher um espaço vazio de comunicação que por vezes existia entre treinadores e escolas de surf. Contudo, as necessidades dos nossos associados estão longe de se limitar à contratação de Treinadores, razão pela qual decidimos abrir a Plataforma a todos os interessados em trabalhar nas praias e assim aumentar a base de dados disponível para os associados”.

Assim, todos os interessados em trabalhar em escolas de surf ou surf camps poderão a partir de agora registar-se nesta plataforma, à qual os membros associados da AESDP terão acesso exclusivo. A plataforma inclui, entre outros, os currículos dos treinadores, o local de residência e a experiência de surf e profissional. Assim, as escolas de surf e surf camps interessados poderão contactar diretamente estes profissionais, e vice-versa, para ofertas de trabalho de acordo com as suas necessidades.

O registo deverá ser feito na secção de Profissões da página web da AESDP, no seguinte link: /profissoes/.

Top

E DEPOIS DO BOOM? A SUSTENTABILIDADE DO ENSINO E TURISMO DO SURF EM PORTUGAL

A Associação de Escolas de Surf de Portugal está, em conjunto com a Surf Out Portugal, a preparar uma sessão de debate sobre a atualidade, os desafios e as oportunidades enfrentadas pelo surf em Portugal.

O evento intitula-se “E depois do Boom? A sustentabilidade do ensino e turismo do surf em Portugal” e vai decorrer durante a tarde do próximo dia 2 de maio, no Auditório DNA Cascais, com o seguinte programa:

Tema 1 // 14:20 – 15:50
O Ordenamento do Surf

Tema 2 // 15:50 – 17:20
O Panorama Atual do Ensino de Surf em Portugal

Tema 3 // 17:30 – 19:00
Gestão de Expectativas no Turismo

Os debates serão moderados pelo Miguel Pedreira e contarão com a presença, entre outros, de membros da AESDP, da FPS, da Universidade Lusófona, bem como do Presidente do Turismo de Cascais e o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Cascais.

Fica desde já feito o convite para todos os interessados em aparecer e participar no debate. Os lugares são limitados aos primeiros 80 inscritos. Inscrições aqui: https://bit.ly/2uZ7JEp.

Top

FOI CRIADA UMA PLATAFORMA PARA AJUDAR A EMPREGAR OS TREINADORES DE SURF

A Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) acaba de lançar a sua Plataforma de Treinadores, na qual os treinadores de surfing devidamente acreditados se podem registar para se darem a conhecer às escolas.

O contexto formativo dos treinadores de surf em Portugal tem vindo a sofrer alterações consideráveis, no contexto das alterações ao Programa Nacional de Formação de Treinadores do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ). Nos últimos anos, tem-se vindo a formar um número cada vez maior de treinadores, para os quais é importante criar estratégias para uma rápida transição para o mundo do trabalho. Já as escolas de surf, por sua vez, têm sentido dificuldades em encontrar estes profissionais devidamente acreditados para dar resposta às suas necessidades, especialmente no período de Verão.

Neste sentido, para dar resposta à época que se aproxima, a AESDP lançou a Plataforma de Treinadores, uma ferramenta que permite aproximar estes profissionais das escolas de surf empregadoras, dando um importante contributo para a geração de emprego neste sector.

Todos os treinadores que detenham a Cédula de Treinador do IPDJ válida poderão registar-se nesta plataforma, à qual os membros associados da AESDP terão acesso exclusivo. A plataforma irá incluir, entre outros, os currículos dos treinadores, o local de residência e a experiência de surf e como treinador. Assim, as escolas de surf interessadas poderão contactar diretamente estes profissionais, e vice-versa, para ofertas de trabalho de acordo com as suas necessidades.

O registo implica o pagamento de uma taxa única de 5€, para gestão e manutenção da plataforma, e deverá ser feito na secção de Treinadores da página web da AESDP, neste link.

Top
Página 1 de 1