Notícias

AESDP e FPS colaboram em projeto de sinalética nas praias

A Federação Portuguesa de Surf (FPS) e a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) lançam hoje uma campanha de comunicação assente na sinalética a adotar nas praias nacionais com vista à prevenção do COVID e etiqueta de surf, numa chamada de atenção às autoridades e sociedade civil para o papel das escolas de surf enquanto agentes ativos na gestão daquele que é o seu espaço de ação por excelência: a praia.

A campanha assenta em dois cartazes: um dedicado às medidas de prevenção de contágio com a COVID-19, e outro de etiqueta de surf, duas questões que se complementam e que contribuem para uma melhor (e mais segura) fruição do surf.

O presidente da Federação Portuguesa de surf, João Aranha, contextualiza assim a campanha conjunta: “É uma colaboração entre a Federação e a Associação para uma maior sensibilização dos utentes das nossas praias e uma abertura à colaboração com as autarquias no sentido de implementar uma sinalética mais clara neste contexto pandémico que exige, acima de tudo, uma comunicação eficaz e abrangente.”

Por sua vez, Afonso Teixeira, Diretor Executivo da AESDP, reforça: “O objetivo desta campanha é, acima de tudo, destacar o papel das escolas de surf como agentes que dão apoio à gestão das praias e contribuir com sinalética para ajudar na comunicação na praia.”

A FPS e AEDSP esperam agora um bom acolhimento por parte das autarquias costeiras para transformar esta campanha em sinalética física de apoio nas praias de norte a sul do país.

Top

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.


Top